8 de jun de 2009

(Des)informações sobre a cerveja.

Cerveja pode matar?
- Sim. Sobretudo se o ser humano se deixar atingir por uma caixa de cerveja com garrafas cheias. Sabe-se que, anos atrás, um rapaz, ao passar pela rua, foi atingido por 1 caixa de cerveja que caiu de um caminhão, tendo morte instantânea. Além disso, casos de enfarto do miocárdio em idosos têm sido associados às propagandas de cervejas com modelos esculturais.

O uso contínuo da cerveja pode levar ao uso de drogas mais pesadas?
- Não, a cerveja é mais pesada - uma garrafa de cerveja pesa cerca de 900 gramas.

A cerveja causa dependência psicológica?
- Não. 89,7% dos psicólogos e psicanalistas entrevistados preferem uísque.

Mulheres grávidas podem beber sem risco?
- Sim. Está provado que nas blitz a polícia nunca pede o teste do bafômetro para gestantes... E se elas tiverem que fazer o teste de andar em linha reta, sempre podem atribuir o desequilíbrio ao peso da barriga.

Cerveja pode diminuir os reflexos dos motoristas?
- Não. Uma experiência foi feita com mais de 500 motoristas: foi dada 1 caixa de cerveja para cada um, e, em seguida, colocaram um por um diante de um espelho. Em nenhum dos casos, os reflexos foram alterados.

Existe alguma relação entre bebida e envelhecimento?
- Sim. A bebida envelhece muito rápido. Para se ter uma idéia, se você deixar uma garrafa ou lata de cerveja aberta ela perderá o seu sabor em aproximadamente quinze minutos.

A cerveja atrapalha no rendimento escolar?
- Não, pelo contrário - alguns donos de faculdade estão aumentando suas vendas com a venda de cerveja nas cantinas.

O que faz com que a bebida chegue aos adolescentes?
- Inúmeras pesquisas vêm sendo feitas por laboratórios de renome. Todas indicam, em primeiríssimo lugar, o garçom.

A cerveja causa diminuição da memória?
- Que eu me lembre, não!

Nenhum comentário:

Blog Widget by LinkWithin